luiz bloch, sócio sênior

arquiteto pela FAU-MACK (1979) e economista pela FEA-USP (1970). Foi diretor executivo (2013–2017) do IDBR que gerencia o museu do futebol e o museu da língua portuguesa. trabalhou em várias posições executivas do governo, incluindo secretário adjunto da secretaria municipal de desenvolvimento urbano.

fernanda bordini, arquiteta sênior

arquiteta pela FAU-MACK (2005), com MBA em gestão de escritórios de arquitetura e design de interiores pela FGV-SP (2014). integra a equipe da bloch arquitetos desde 2006.

elisa bloch, design e comunicação

arquiteta pela FAU-USP (2017), com intercâmbio em design gráfico na maryland institute college of art (EUA), tem passagens por empresas de branding, design editorial e comunicação.

heloisa herkenhoff, sócia sênior

formada em arquitetura pela FAU-UFES (1985) e mestre pela FAU-USP (1995). Foi presidente do Instituto de arquitetos do brasil, departamento do espírito santo (IAB-ES). especializou-se, através de cursos e oficinas, em projetos na área de saúde, como clínicas de hemodiálise, consultórios e reformas hospitalares.

tatiana moysés, arquiteta júnior

arquiteta pela FAU-MACK (2014), com intercâmbio na Politecnico di Milano (2012). é mestre pela FAU-MACK (2017), sobre a linha de pesquisa em urbanismo moderno e contemporâneo.